...

5 livros para compreender a realidade brasileira

O Brasil é um país de muitas faces. Apesar de sermos uma nação razoavelmente jovem, possuímos uma história extremamente rica e diversa, composta por várias culturas, que ecoam até hoje em nossos hábitos e em nossa sociedade. Para compreender as peculiaridades de um país como o Brasil, é preciso considerar os inúmeros fatores e as perspectivas históricas que compõem a identidade nacional, repleta de debates sociais, raciais, econômicos e culturais. Estes temas têm se mostrado cada vez mais relevantes para a formação integral do aluno, ajudando a desenvolver pensamento crítico e reforçando a importância de se posicionar, por isso, são frequentemente exigidos nos principais vestibulares do país, sendo essenciais para qualificar as discussões no Ensino Médio e, posteriormente, nas universidades. Com isso em mente, a equipe da Biblioteca da Santi selecionou 5 livros que podem te ajudar a compreender a realidade, os problemas e a riqueza do Brasil. Confira! 

“Os invisíveis”, por Renato Moriconi e Tino Freitas

Lançado pela editora Casa da Palavra, “Os invisíveis” é um livro infantil que narra a história de um menino que enxergava coisas que os outros não viam. Desta forma, os autores Renato Moriconi e Tino Freitas criam uma leitura extremamente sensível que trata sobre um tema delicado e extremamente complexo, a invisibilidade e o isolamento de pessoas na sociedade. Apesar de ser direcionado para crianças, a narrativa contempla públicos de todas as idades, com nuances importantes a serem discutidas, tanto pelos adultos quanto pelos pequenos.

“A árvore do Brasil”, por Nelson Cruz

Já parou pra pensar em como o mundo muda com o passar do tempo? Neste livro de imagens, acompanhamos a história de uma árvore secular que sobrevive às mudanças em seu entorno por conta da passagem do tempo, apresentando a relação difícil entre a natureza e o progresso das construções humanas. O autor Nelson Cruz traz nesta obra uma grande pesquisa iconográfica, inspirada por uma árvore que encontrou em uma área movimentada e poluída de sua cidade, resultando em uma obra bela, detalhada e que retrata a passagem do tempo como poucas.

“Jeremias: Pele”, por Rafael Calça e Jefferson Costa

Parte da coletânea “Graphic MSP”, que conta histórias de personagens clássicos da Turma da Mônica sob a perspectiva de novos autores, “Jeremias: Pele” retrata temas que vão muito além das histórias em quadrinhos. Premiada como melhor HQ no prêmio Jabuti 2019, essa história em quadrinhos retrata de forma dura e emocionante o momento em que Jeremias enfrenta pela primeira vez o preconceito racial. Com uma arte encantadora e uma narrativa envolvente, os narradores trazem uma história de superação, aprendizado e afeto, que comove profundamente o leitor.

“Quarto de despejo: diário de uma favelada”, por Carolina Maria de Jesus

Carolina Maria de Jesus foi uma das primeiras e mais importantes escritoras negras do país. Neste livro, que é considerado sua principal obra, é reproduzido o seu diário, em que a autora narra seu cotidiano nas comunidades pobres de São Paulo. De forma muito forte e verdadeira, Carolina Maria de Jesus explicita detalhadamente a dor e o sofrimento dos favelados naquele momento, tendo de enfrentar dificuldades financeiras, problemas de moradia, fome e uma série de adversidades. A linguagem é marcada pela oralidade e pela subjetividade da autora, trazendo uma visão impactantemente realista sobre classes sociais.

“Capitães da areia”, por Jorge Amado

“Capitães da areia” é um dos maiores clássicos da história da literatura brasileira, sendo até hoje um marco cultural do nosso país. O romance permanece atual, retratando o cotidiano de um grupo de meninos de rua, abandonados e marginalizados, que são conhecidos como Capitães da Areia, chefiados pelo jovem Pedro Bala. A história apresenta uma realidade dura, que retrata não apenas os assaltos e a violência praticadas pelos meninos, mas também suas aspirações e ingenuidade típicas da infância, traçando um importante comentário sobre abandono, criminalidade e relações sociais. 

Compartilhe

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp
Share on telegram
Share on email
Share on facebook
Skip to content